Mep LA: um editor de textos puro bastante prático para Linux e Windows

Open Source (Lazarus), disponível apenas em inglês por enquanto
O Mep LA é um editor de textos puro multiplataforma em desenvolvimento, com o objetivo de substituir o Mep Texto no Linux. Ele foi feito "sob medida" das necessidades do produtor, devido o trabalho no dia-a-dia com arquivos da web em "txt". O Mep Texto roda com o Wine, mas dependendo do caso não fica legal, é melhor uma aplicação nativa.

Download do Mep LA



Mep LA

Mep LA

Mep LA

Nota para usuários de Windows: o Mep LA foi feito com o Lazarus/FreePascal, que lida principalmente com UTF-8, mas apresenta alguns problemas com outras codificações no Windows. Sendo assim não recomendamos o uso do LA no Windows XP ou anterior como editor de texto primário para modificar arquivos criados por outros editores. No Linux ele funciona melhor. No Windows 7 e Vista também (pois esses sistemas incluem suporte a Unicode), mas o editor pode apresentar alguns problemas ainda, especialmente com nomes de arquivos e pastas com caracteres especiais. Se você puder ajudar com código... :)

É certo que há muitos editores de texto para Linux, de forma que a escolha acaba sendo difícil, ou varia basicamente dependendo do ambiente em uso (Kedit ou Kate ou Kwrite no KDE, Gedit no Gnome, Mousepad no Xfce, e por aí vai...).

O Marcos Elias lida todo dia com arquivos de texto puro. São maravilhosos: simples, geram arquivos pequenos, muito leves e abrem em qualquer lugar (ops, quase qualquer lugar, afinal há problemas de codificação, quebras de linha com 1 ou 2 caracteres, enfim...). Boa parte desse trabalho é editando textos para a web, postagem em blogs e páginas (onde entra formatação em HTML e scripts). Nisso o Mep Texto ajuda muito, mas o Mep LA pretende ajudar mais ainda. Ele tem duas funções interessantíssimas para substituição de textos.

O futuro do LA ainda não foi definido. Pode ser que os recursos dele sejam implementados no Mep Texto; pode ser que ele seja renomeado para Mep Texto (8?) e passe a ser o editor principal por aqui; pode ser que ele não mude muito se comparado ao que ele é hoje, se encontrarmos problemas grandes com o Lazarus.

Sim, o LA é feito com o Lazarus, e é open source. Por enquanto o download está disponível apenas para Linux, mas se você baixar, poderá compilar no Windows e gerar o executável com o Lazarus. Assim que o programa estiver mais aprimorado, distribuiremos um instalador para Windows. Na medida do possível distribuiremos versões para Windows de 32-bit, 64-bit e Linux com GTK2.

Segue abaixo parte do LEIAME.TXT do programa.

*******************
SUBSTITUIÇÃO BÁSICA
*******************

Use o menu Editar > Substituir tudo. Ele permite trocar ocorrências de texto no arquivo inteiro, independente da posição do cursor. Se quiser trocar texto com vários parágrafos ou quebra de linha, use o Substituir tudo (múltiplas linhas). Por exemplo, você pode remover espaços entre blocos de texto teclando enter no primeiro campo, mandando substituir por um espaço comum.

***************************************
SUBSTITUIÇÃO PRÁTICA DE TEXTO NO MEP LA
***************************************

Olá! Espero que o MEP LA possa lhe ser útil. Eu lido diariamente com arquivos de texto, é meu formato de arquivo preferido para guardar informações: pequeno, simples, muitissimozíssimo leve e abre em qualquer lugar (ou quase, devido problemas de codificação ANSI / UTF-8 :P). E boa parte dos meus arquivos de texto contém formatação em HTML, para uso nos meus blogs e sites. Não gosto de usar editores HTML visuais.

Sendo assim o Mep LA tem atalhos e recursos que agilizam muito o uso desses arquivos. Formatação em negrito aqui, substituição de aspas ali, troca de acentos por caracteres acolá... E um recurso personalizável: substituição. Frequentemente precisamos trocar todas as ocorrências de uma string por outra, e é muito chato ficar indo no Editar > Substituir da maioria dos programas, toda hora tendo que digitar tudo de novo.

Por isso o Mep LA tem métodos eficientes para a maior parte do trabalho. Creio que funcione melhor para caracteres "padrões" do latim, inglês e/ou português (afinal é desenvolvido e testado em pt-br, por um brasileiro). Enfim, vamos lá:

********************************************
SCRIPTS DE SUBSTITUIÇÃO DO TEXTO SELECIONADO
********************************************

O menu Scripts (poderá ser renomeado futuramente) permite trabalhar com o texto selecionado no editor. Se você precisa aplicar um link com um estilo frequentemente, ele é bem prático. Por exemplo, suponhamos que eu precise colocar um link assim, no editor de textos puro:

<a href="http://www.meusite.com.etc/downloads/meuarquivo.zip" target="_blank" class="downloadlink">Clique aqui para baixar</a>


Veja que toda a parte do link se repete em todos os links de download, com exceção da URL. O Mep LA te ajuda a substituir a URL pela estrutura que mantém ela dentro, gerando o link.

Abra o arquivo cmds.txt na sua pasta de configuração (leia mais abaixo para saber qual é ela). Se não existir, crie um arquivo nela com esse nome. Vá ao menu Scripts > Edit scripts.

Cada expressão configurável deve ficar em uma linha. Use %s para se referir ao texto selecionado no editor. Use o separador (atualmente a barra vertical |) para separar a expressão do nome dela (o que aparecerá no menu). Para o link proposto, eu colocaria isso na primeira linha (assumindo o slot 1):

<a href="%s" target="_blank" class="downloadlink">Clique aqui para baixar</a>|Link de download

Salve o arquivo e reabra o Mep LA (ou use o menu Recarregar configurações).

Fazendo isso agora basta digitar uma URL, selecioná-la e clicar no menu Scripts > Link de download. O Mep LA aplicará o link conforme você definiu.

Se você quiser repetir o termo selecionado, simplesmente repita o %s. Por exemplo:

<a href="%s" target=_blank class="downloadlink">%s</a>|Link de download

Atualmente o Mep LA permite o uso de até 10 slots de substituição. Cada um terá um atalho com um número (exibido no menu).

Um outro exemplo: aplicar um estilo num texto. A linha poderia ser:

<div class="meutitulo">%s</div>|Título

Um exemplo com mais elementos, que uso ao postar atualizações no guiadohardware.net:

<div id="warn"><a href="%s"><b>Comente: %s</b></a></div>|Link de comentário

****************************
SUBSTITUIÇÃO FIXA SEQUENCIAL
****************************

O recurso comentado acima permite trocar o texto selecionado no editor. Mas algumas vezes você pode precisar trocar algumas ocorrências de textos iguais, independente do trecho ou expressão selecionada. Para isso use o recurso de substituição do Mep LA. Assim como no recurso anterior, há 10 slots e atalhos de teclado com números.

Para esse tipo de substituição, cada slot deve ter sua configuração salva num arquivo separado (para não ficar grande nem causar confusão, já que os arquivos poderão ter várias linhas). Os arquivos devem ficar na pasta de configuração do programa, e terão os nomes de subst1.txt a subst10.txt.

Um exemplo: no meu trabalho preciso "limpar" um texto copiado de um site que gera meu resultado em HTML, porém formatado ao gosto dele. Eu preciso limpar a formatação (que é sempre a mesma). Preciso remover os itens <li> e </li>, e um class="i" nos links que ele coloca, além de adicionar um marcador no começo das linhas (o caractere »).

O arquivo de substituição terá 3 coisas básicas: o nome exibido no menu, o texto que será substituído, e o novo texto, que entrará no lugar dele.

A primeira linha é reservada para o nome do menu. Então coloque um nome qualquer, de preferência não muito longo. Por exemplo, colocarei Lista de links.

Nas outras linhas, coloque a expressão que vai ser substituída, seguida do caractere | e depois a nova expressão. Cada troca ficará numa linha (não há limite previsto de trocas, mas evite usar algo gigantesco pois os arquivos são lidos na inicialização do programa, e arquivos grandes podem tomar mais tempo e consumir mais memória).

Por exemplo, para trocar a por b, eu colocaria a|b. Para trocar laranja por maçã, colocaria laranja|maçã. E para tirar alguma coisa, deixaria vazio depois da barra vertical. Por exemplo, para remover <li>, colocaria <li>| (sem nada depois da |).

Veja como ficou meu arquivo, onde tenho que:

1 - Trocar <li> por » (&raquo;);
2 - Apagar todos os </li>
3 - Apagar todos os class="i"


Meu arquivo subst1.txt ficaria assim:

Lista de links
<li>|&raquo;
</li>|
class="i" |

Simples, né?

Num editor qualquer você teria que ir no menu Substituir, primeiro trocar <li> por &raquo; depois colocar o cursor no começo do texto, trocar </li> por nada ou por um espaço vazio, etc. Viva o LA :D

******************************
LOCAL DA PASTA DE CONFIGURAÇÃO
******************************

No Linux a pasta de configuração do LA (onde devem ser salvos esses arquivos) fica em:

/home/SeuNome/.config/Mep LA

No Windows 7 (você pode ir lá rapidamente clicando no seu nome no menu Iniciar):

C:\Users\SeuNome\AppData\Local\Mep LA

No Windows XP:

C:\Documents and Settings\SeuNome\Local Settings\Application Data\Mep LA

************************************************
NOTAS E BUGS (poderão ser trabalhados no futuro)
************************************************

- O caractere | é reservado para separar as partes das configurações. Sendo assim não dará para usar ele nos seus textos de substituição.

- Espaços antes e depois das strings podem ser ignorados. Se precisar colocar espaço e a saída desejada aceitar HTML, você pode usar   em vez de dar um espaço.

- O recurso de localizar texto (Editar > Localizar ou CTRL+F) não funciona muito bem (não confie nele). Usei o código disponível no LazPad, mas ainda apresenta problemas. Se alguém consertar, ficarei imensamente grato (lembre-se que o LA é open source).

- O recurso de substituir textos com quebras de linha não está funcionando bem também.

- Devido a forma como o Lazarus implementa o "Memo", arquivos gerados no Mep LA no Linux podem não ser abertos pelo mesmo LA no Windows (por isso atrasamos builds win32). Em testes eles foram abertos corretamente pelo Mep Texto 7 (que aceita Unicode). Ao abrir arquivos criados no Linux, apenas clique no botão "CRLF" se as linhas ficarem grudadas no Windows. Esse botão fica na barra de ferramentas principal, e também pode ser acessado pelo menu Extras. Isso troca as quebras de linha Unix por quebras de linha do Windows. O contrário também pode ser feito, clicando em LF.