Clique aqui para voltar à tela inicial da ajuda


Assistente de Projeto


O Assistente de Projeto é o meio mais fácil, prático e rápido de criar seu programa de instalação com o Mep Installer. Ele gera o arquivo de projeto para você, e basicamente a única coisa que você tem a fazer é salvá-lo e compilá-lo, clicando no menu ou no botão adequado na tela do compilador.

Ao iniciar o Compilador do Mep Installer, uma tela de boas vindas é exibida. Ela permite realizar basicamente três tarefas rápidas: criar um novo arquivo de projeto em branco (se você dominar bem a linguagem de script do Mep Installer!), criar um novo arquivo de projeto utilizando o assistente fácil (é o ideal!) ou abrir algum projeto que você tenha editado ultimamente.

Clique então em "Criar um projeto utilizando o assistente fácil". Ele mostrará uma tela de boas vindas ao assistente e algumas informações. Basicamente o que você tem a fazer é ir preenchendo as opções, de acordo com o seu programa. Caso tenha alguma dúvida, experimente clicar no botão 'Ajuda', na parte inferior esquerda da tela do assistente. Ele exibirá informações sobre os itens de cada tela.

É recomendável, antes de criar um projeto, ter separado numa pasta os arquivos que fazem parte do seu programa, arquivos "leiame", o arquivo de licença que será exibido na instalação, etc. Desta forma a conclusão do assistente é bastante ágil e rápida. Clique então em Avançar.

Informe na tela exibida acima alguns itens básicos sobre sua aplicação. O nome do programa, e o nome incluindo a versão. O nome incluindo a versão é o que aparecerá no painel de controle, item "Adicionar ou remover programas". Especifique, se quiser, o seu nome (produtor do programa) ou o nome da empresa responsável pelo mesmo. Pode-se ainda colocar um endereço da Internet, como o site do autor ou da empresa. Se você não tiver ou não quiser colocar o site, por favor, apague o texto que estiver ali, senão o assistente deixará ele como sendo seu site (o mesmo ocorre para o nome da empresa). Escolha ainda o idioma da instalação, dentre os disponíveis. (Depois, se quiser, você poderá alterar o idioma e as mensagens, veja isso outra hora em outro ponto da ajuda). Clique em Avançar.

Escolha agora onde seu programa deverá ser instalado. A pasta-base padrão é a pasta "Arquivos de programas". Você pode escolher outra, se quiser. O item "Nome da pasta onde sua aplicação será instalada" se refere ao nome da subpasta que será criada dentro da pasta base, e é dentro desta que ficarão seus arquivos principais. O item "Permitir que o usuário altere a pasta..." deixa o usuário escolher outro local, durante a instalação. Se você desmarcá-lo, a tela "Escolher pasta para instalar" não será exibida durante a instalação. Salvo algum motivo muito especial, você não deve marcar o item "Minha aplicação não precisa de uma pasta". Ele é utilizado apenas em casos muito específicos, geralmente para apenas extrair e executar arquivos temporários. Avance.

Localize agora o programa principal da sua aplicação. O campo já vem preenchido com um exemplo, clique no botão Procurar e defina então seu programa. Se deixar marcado o item "Permitir que o usuário execute este programa..." então uma caixa de marcação aparecerá no final da instalação, algo do tipo "Executar o Meu Programa", para que ele seja aberto logo após a instalação. É recomendável deixar essa opção marcada. Se seu programa tiver outros arquivos, tais como arquivos de ajuda, leiame, dlls, imagens... Então clique no botão "Adicionar arquivos" ou "Adicionar pasta" e localize os referidos arquivos. Avance quando estiver pronto.

Defina agora o nome do grupo de programas no menu Iniciar onde ficarão os atalhos da sua aplicação. Para evitar que o usuário o altere na hora da instalação, desmarque a caixa de seleção "Permitir que o usuário altere...". Veja também as outras opções e marque ou desmarque as que achar necessário. Clique em Avançar.

Localize, se for o caso, o arquivo de licença de uso (pode ser um arquivo de texto puro, .txt ou RichText, .rtf - o RichText pode ser criado com o WordPad, e ele pode conter formatação visual, como diferentes fontes, negrito, itálico, texto colorido, etc). Se quiser, escolha também um arquivo que contenha um texto para ser apresentado antes da instalação (após a aceitação da licença de uso) ou um para ser mostrado depois da instalação (por exemplo, com notas ou informações adicionais). É recomendável escolher apenas o da licença de uso, mas isso não é obrigatório. Lembre-se de que você pode deixar sem preencher os itens que não estiverem em negrito. Avance.

Agora defina informações como o local onde você salvará o programa de instalação; defina também o nome do arquivo do programa de instalação, por exemplo, Instalar, Install, Instalador, etc. Não coloque a extensão .exe, isso ficará por conta do compilador. Se você quiser definir uma chave de autorização, uma "senha" para a instalação, defina-a aqui. Para instalar, o usuário deverá fornecê-la da mesma forma como você definir, e ela será fixa para os programas de instalação gerados com ela. Ela não é criptografada no arquivo de projeto, mas será fortemente codificada no programa de instalação compilado. Se você quiser que a senha seja exibida na tela ao ser digitada pelo usuário durante a execução do programa de instalação, marque o campo "Não ocultar a senha...". Isso pode ser utilizado por exemplo para utilizá-la como um número serial fixo. Escolha também o tipo de compressão. O padrão é o zip/7, e o talvez mais recomendado seja o zip/9, por compactar mais. O bzip geralmente compacta um pouco mais que o padrão zip, porém requer mais memória na extração dos arquivos.  Por padrão, o programa de instalação oferece dois modos ao usuário: uma instalação com as opções padrões, rápida, ou onde o usuário pode escolher as opções, personalizada. Se não quiser que esta tela apareça, marque o item 'Desabilitar a tela de escolha do modo de instalação'. Opcionalmente, escolha o módulo do programa de instalação. É uma imagem de executável, responsável por gerenciar a aparência visual do programa de instalação. Para deixar a interface visual padrão, não altere esse item. Se quiser escolher outro, clique no botão 'Procurar' e localize-o. O módulo é um arquivo de nome "Setup*.img", por exemplo, "SetupKK.img". Prossiga.

Escolha se a instalação se dará no modo normal ou em tela cheia, e defina também as cores do fundo. Você pode escolher algum dos nomes de cores da lista, ou então digitar o código numérico hexadecimal da cor, semelhante ao utilizado no HTML, com o símbolo $ na frente. Utilize o formato $bbggrr, onde bb corresponde ao azul (blue), gg ao verde (green) e rr ao vermelho (red). Por exemplo, $0000FF para o vermelho. Se não quiser utilizar as imagens padrões, defina as imagens a serem exibidas na instalação, na tela do assistente. Basta localizá-las no computador. A imagem de entrada é uma imagem que aparecerá centralizada na tela durante alguns segundos, antes de ser iniciada a instalação. Se você escolher uma imagem, depois no arquivo de projeto você poderá alterar o tempo de exibição. O valor padrão é de 4 segundos. Clique então em Avançar.

Escolha agora quem poderá instalar o programa (se ele estiver sendo executado, por exemplo, no Windows NT, 2000 ou XP). É recomendável deixar a opção "qualquer usuário", a menos que você tenha motivos para restringir a instalação. Defina também algumas opções adicionais, marcando ou desmarcando os itens. A ID da aplicação é uma IDentificação da aplicação que deverá ser única para o seu programa. Por padrão, ela tem o mesmo nome da aplicação, mas se for um nome comum ou se você quiser, pode trocá-lo. Esse nome é utilizado no registro do Windows para os programas instalados, e serve para, por exemplo, verificar se determinado programa está instalado. O Mep Installer faz isso, se uma instalação posterior tiver o mesmo AppId de uma aplicação já instalada, a nova instalação será entendida como uma atualização, e manterá as opções e configurações de instalação que o usuário tenha selecionado na instalação anterior. Avançando, estamos no fim do Assistente. Se você estiver usando o modo avançado, uma tela adicional será exibida antes da tela de conclusão. Ela permite solicitar o nome do usuário e a organização, além de poder validar um número serial seguindo um método exclusivo. Para informações sobre ela, clique no botão "Ajuda" da mesma, e leia aqui a parte da proteção por serial.

O assistente mostrará uma tela de conclusão. Se você quiser aplicar o estilo visual do Mep Installer KK, marque esta opção nesta última tela. Com esse estilo a tela do programa de instalação ficará maior, no estilo da instalação do Office (é necessário o plug-in KKStyle para usar esse recurso). Agora basta salvar e compilar o projeto!

Geralmente, para alterar as opções da seção [Setup] no arquivo de projeto, basta trocar "yes" por "no", de "sim" para "não", ou vice-versa, ou em alguns casos definir ou alterar um texto, um nome, etc. Você ainda pode utilizar as palavras "sim" ou "nao" (sem acento), se preferir. Não deixe de ver e estudar os exemplos, que podem ser abertos clicando no menu Ferramentas > Abrir a pasta de exemplos, na tela do compilador.

O arquivo de projeto tem por padrão a extensão .mpi, e você pode editá-lo quando quiser. Leia as outras seções desta ajuda e veja como fazer isso, não é difícil. Se você não definir uma pasta para colocar o programa de instalação gerado, ele será salvo numa pasta chamada "Output" (de "saída", "resultado"). Esta pasta será criada automaticamente na pasta onde você salvar o projeto.

Se depois você alterar o seu programa, muitas vezes nem é necessário alterar o projeto, a não ser o nome do programa incluindo a versão, por exemplo. Basta colocar o executável ou os arquivos alterados na mesma pasta em que estava(m) o(s) anterior(es), e recompilar o projeto. Para isso abra-o no Mep Installer, e clique em Executar > Compilar, ou de forma mais direta: clique com o botão direito do mouse sobre o ícone do arquivo de projeto e escolha "Compilar".

É só distribuir seu executável de instalação!

Lembre-se de que muitas outras opções podem ser alteradas editando-se o arquivo de projeto, com o script do Mep Installer. Para outras questões, consulte também a seção de perguntas mais freqüentes.


Clique aqui para voltar à tela inicial da ajuda